Tecla SAP


Por que sinto tanta fome depois de nadar?



Matéria publicada no site www.mentalfloss.com em 19 de Julho de 2016.

Why Am I So Hungry After Swimming?
By Kat Rosenfield

Aperte o SAP! ;)

Por que sinto tanta fome depois de nadar?

Um bom banho de piscina em um dia quente é uma clássica experiência de verão. Mas tão clássico quanto o banho é o que acontece quando você sai da água: antes mesmo que você comece à se enxugar, você percebe que está sentindo a maior fome do mundo! Você está faminto. Você está voraz. Parece que seu corpo inteiro é feito de estômago, e todos estão completamente vazios.

Se a natação tem esse efeito sobre você, você não está sozinho. Essa enorme fome pós-natação é real e apoiada pela ciência. A seguir, veja porque é mais provável que você fique com essa “fome extra” depois de nadar.

O EXERCÍCIO É UM POTENCIALIZADOR DA FOME
A natação, como qualquer outra atividade física, queima calorias - o que pode, por sua vez, fazer com que o corpo aumente sua produção de grelina, o hormônio causador da fome, para que você coma de volta o que queimou. Um estudo de 1999 mostrou que os exercícios nos fazem desejar particularmente alimentos salgados, o que pode explicar o intenso desejo de comer coisas como batata frita após o treino (o que também pode explicar por que as pessoas que apenas se exercitam para perder peso normalmente têm menos sucesso do que aquelas que mudam sua dieta). Enquanto o exercício intenso também pode ter um efeito de diminuição temporária do apetite enquanto seu corpo esfria, a maioria das pessoas não nadam com intensidade suficiente para experimentar essa condição, fazendo com que a fome venha praticamente assim que você sai da água.

AS LEIS DA TERMODINÂMICA
A natação não é apenas um treino para os pulmões, coração e músculos, também faz com que seu corpo tenha um trabalho extra de manter a temperatura agradável de 37 ° C, enquanto está imerso em água geralmente 12 graus mais fria do que isso. É um princípio semelhante àquele que faz com que você queime mais calorias no inverno: pesquisas sugerem que o corpo ativa seus estoques de gordura marrom quando a temperatura cai, acelerando sua taxa metabólica para se manter quente. Enquanto um treino suado em ambiente quente pode causar o efeito de supressão de apetite acima mencionado, um corpo imerso em água não precisa aumentar o fluxo sanguíneo para a pele (e longe do sistema digestivo) para regular o calor. E para o seu estômago, essa maior concentração sanguínea no sistema digestivo significa fome.

QUANTO MAIS GELADA A ÁGUA, MAIOR A FOME
Múltiplos estudos, incluindo um da Universidade da Flórida, mostraram uma correlação entre nadar em água fria e sair faminto (apesar da diferença de calorias queimadas entre um banho de água fria e um de água quente ser insignificante). Em suma, quanto mais frio você sentir quando sair da piscina, mais provável é que você vá direto para a lanchonete.

Logo, o efeito que a natação tem sobre o seu apetite não tem nada a ver com a sua eficácia como forma de exercício - apesar de ser um dos melhores que existem, especialmente para as pessoas que procuram uma maneira de se manter em forma com um exercício de baixo impacto. Mas se você está seguindo sua dieta e não quer “fugir” dela, você pode diminuir essa fome pós-natação fazendo uma caminhada rápida, para assim elevar a temperatura do corpo e evitar lanches exagerados.

Tradução feita pelo Estagiário Igor Pereira (2º semestre/2017)









Clube449


Newsletter

Cadastre-se e receba e-mails com dicas e informações.

 
 

Contatos

(61) 3363-7449
(61) 98535-7449 (whatsapp)
clinica449 (skype)
contato@clinica449.com.br

Centro Clínico Sudoeste
Sala 219 - Brasília/DF

Busca

Encontre o que você precisa em todo o nosso site.